5 conceitos da série de sucesso The Good Doctor para colocar em prática

quinta-feira, outubro 2020

Sucesso de audiência nos Estados Unidos, The Good Doctor chegou ao Brasil ano passado conquistando o coração de muitos espectadores com sua ótima narrativa. A série médica é protagonizada pelo ator Freddie Highmore (muito conhecido por seu papel em Bates Motel) que interpreta o papel principal de Dr. Shaun Murphy, um médico residente de cirurgia com autismo, além de síndrome de Savant. 

Esse transtorno ainda é muito cercado por preconceitos e grande parte disso vem pela ignorância sobre o que ela de fato representa. Então assim como aconteceria na vida real, o jovem médico encontra muita resistência dos pacientes e colegas de profissão, ao mesmo tempo que se desafia todos os dias a exercer de forma plena a profissão dos seus sonhos, mesmo com algumas dificuldades pertinentes ao autismo. 

Nós, da Loggup acreditamos em entretenimento útil e proveitoso, que nos leve a refletir e pensar, nos tire da caixinha e que a gente consiga absorver bons aspectos para nossa vida pessoal e profissional. E The Good Doctor cumpre esse papel, com temas super relevantes e debates atuais e necessários. Pensando nisso, listamos abaixo 5 conceitos que a série nos apresenta, que será proveitoso e que você deve colocar em prática. 

1 –  Acredite em você mesmo em meio a adversidades. 

O Dr. Shaun ama o que faz e sabe que é bom, mesmo ouvindo de várias pessoas o contrário, em uma forma de “pré conceito”, apenas por seu transtorno. Se ele desse ouvido a essas pessoas, com certeza não estaria nem na metade de onde está. Acreditar em si foi fundamental para continuar enfrentando batalhas diárias pertinentes a sua complexa profissão. E mesmo em meio a adversidades, ele traçou uma meta e sabia onde queria chegar. E aos poucos foi conquistando a  confiança dos seus colegas de profissão e alguns se tornaram amigos e defensores. 

2 – Persista e não desista! 

Logo no primeiro episódio, fica claro o conflito existente entre seu transtorno e seu sonho em ser médico cirurgião. Ao longo de sua vida, Shaun desenvolve alguns mecanismos de autodefesa, que muitas vezes são encarados como bizarro por algumas pessoas. Sua dificuldade de comunicação e sociabilização é notável, já que essas são uma das principais características do autismo. Ele pensa muito antes de falar e quando fala é depressa, não olha nos olhos, entrelaça uma mão na outra. Shaun fala pouco, mas diz as coisas certas. Todas essas características, fazem o conselho deliberar sobre sua aptidão para trabalhar como cirurgião. Mas ao longo do tempo, ele vai se mostrando genial e insubstituível. Ele persistiu, conseguiu mostrar seu valor e ficar com a vaga de residente. 

3 – Se cerque de pessoas que querem seu bem e torcem por você 

Vemos que desde sua infância, a família de Shaun tem muita dificuldade em lidar com ele, por não saber como agir. E que seu irmão mais novo, sempre foi seu porto seguro, sempre esteve ao seu lado, entendendo-o, protegendo-o e falando palavras de incentivo e amor, que perduram em sua mente em toda a sua vida, tornando combustível para suas motivações. Outro grande incentivador de Shaun, é o Dr. Aaron Glassman, que o conhece ainda criança e sempre o ajuda. Ele é o diretor do hospital e ajuda Shaun a conseguir a vaga de residente. O Dr Glassman além de um grande e fiel amigo, torna-se também seu anjo da guarda, auxiliando nos momentos difíceis e sempre pronto a ajudar. Assim devemos fazer em nossas vidas, nos cercando de pessoas que querem o nosso bem e torcem pelo nosso sucesso, ajudando nos momentos complicados e celebrando os bons momentos. 

4 – Todos nós temos algum tipo de dificuldade 

Mesmo não tendo nenhum transtorno ou síndrome, como o Shaun, percebemos que todos têm algum tipo de dificuldade, que podem ter graus e gravidades diferentes. Mas essas dificuldades são normais, inerente ao ser humano, que tem algumas facilidades em certas coisas e outras não. E está tudo bem, podemos pedir ajuda quando não conseguimos fazer algo, o que não nos torna melhores ou piores do que alguém. Ter esse entendimento nos ajuda a percebermos nossas diferenças e salientar que elas são normais e essa é uma das coisas que nos torna únicos e excepcionais. 

5 – Conheça suas fraquezas e use-as a seu favor

Agora que entendemos que é normal ter dificuldades e diferenças, é importante observar quais são as suas, administrá-las e usá-las como sua força.  Em termos técnicos, um médico com autismo não tem nenhuma limitação. Mas o que dificulta ao Dr Shaun exercer sua profissão, é a falta de tato em algumas situações delicadas e sua dificuldade interpessoal. Mesmo com suas limitações, ele vai se aperfeiçoando nessa área e evidenciando seus pontos positivos. Pessoas que vivem fora do espectro autista podem não entender, mas o mínimo avanço em coisas que para nós são fáceis, para eles são uma vitória. Dessa forma, devemos também aperfeiçoar nossas características complexas e intrínsecas, transformando-as em potências no nosso dia a dia. 

É evidente o quanto podemos aprender, enquanto nos divertimos. Ressignificar o momento de lazer é importante e The Good Doctor certamente é uma boa opção para isso. Séries assim são positivas porque abordam assuntos importantes de forma natural e adequada, ajudam na quebra de estigmas e, principalmente, do preconceito que cercam o transtorno do espectro autista. Além disso, Shaun mostra que com determinação, não importa o que pensem de você, você pode chegar onde quiser! 

Quer receber mais dicas, entre em contato conosco e conheça nossas soluções!

Linkedin

Instagram

Facebook

Youtube

 

 

Quer receber mais dicas gratuitamente?

Cadastre-se para receber informações privilegiadas e levar
sua transportadora a comunidade digital

O blog Loggup ajuda centenas de transportadoras de cargas através de dicas práticas em transformação digital.

Copyriht © 2019 Loggup Logistic Group. Todos os direitos reservados.
Feito com pelo time da Loggup