Atenção Transportadoras: Novidades da Logística para a indústria de alimentos e bebidas – Mês de Agosto 2021

quinta-feira, agosto 2021

O que saber sobre o expressivo crescimento da indústria A&B

Comer e beber é um ritual diário, que também permeia os momentos mais importantes da vida de qualquer pessoa. Não à toa, certos alimentos e bebidas estão diretamente associados a ocasiões especiais e têm importância bem maior do que simplesmente atender às nossas necessidades mais básicas.

Com a pandemia, a compra online de comidas e o hábito de explorar sabores diferentes ganharam ainda mais força. O isolamento incentivou os brasileiros a buscarem novos hobbies – e, aqui, se arriscar na cozinha tem liderado as “aventuras” do home office

A transformação dos hábitos de consumo da população e o expressivo crescimento do setor de Alimentos e Bebidas são reflexos disso. A indústria A&B está crescendo a passos largos no Brasil e passando por mudanças antes inimagináveis. Leia mais em: Números e tendências do setor de Alimentos e Bebidas em 2021 (olist.com)

Preservação de alimentos no armazenamento e cadeia logística

Negligenciar cuidados de transporte e armazenamento de produtos que requerem controle de frio pode ocasionar derretimento e separação de fases como no caso de sorvetes, ou pior, em produtos derivados de carne pode ocorrer crescimento microbiológico que cause deterioração, apodrecimento, mudanças organolépticas em cor, sabor e odor, perda de princípios ativos, e o pior, crescimento de microrganismos patogênicos. Saiba mais em: Preservação de alimentos no armazenamento e cadeia logística – Food Safety Brazil

GPA investe em operação logística e amplia oferta de serviços a terceiros

A rede varejista cria o GPA Logística e Transporte para gerenciar e distribuir produtos de empresas nas suas centrais

O GPA dá mais um passo em direção à expansão do seu “marketplace” com a criação da empresa GPA Logística e Transporte. A partir de agora, a companhia pode gerenciar e distribuir os produtos de terceiros em suas centrais, além das plataformas digitais dos sites Pão de Açúcar e Extra, que já vendem produtos de outros lojistas, desde novembro de 2020.

Com esta medida, o GPA consegue oferecer os serviços de frete para as empresas que comercializam seus produtos no marketplace da rede varejista, além de rentabilizar a operação, tanto pela comissão de vendas dos produtos em sua plataforma digital, quanto pelo frete das operações. Acompanhe em: GPA investe em operação logística e amplia oferta de serviços a terceiros – Blog APAS Show

Shopper abre novo centro de distribuição em SP e prevê crescimento de 150%

A Shopper, plataforma de compras de supermercado online, acaba de inaugurar um novo centro de distribuição, em Osasco, na região metropolitana de São Paulo.

Com uma área de 30 mil m², o local tem capacidade para armazenar 10 milhões de itens de consumo doméstico, como alimentos, bebidas, produtos de higiene, utilidades e outros.

A empresa pretende, com a expansão, ampliar em 150% a sua capacidade de distribuição, abastecendo 20 municípios próximos.

Nos planos de crescimento, estão ainda a geração de 500 empregos nas áreas de operação e logística, cujas vagas serão abertas ao longos dos meses. Leia mais em: Shopper abre novo centro de distribuição em SP e prevê crescimento de 150% | VEJA (abril.com.br)

Faturamento da indústria de alimentos cresce 12,8% em 2020

A indústria brasileira de alimentos e bebidas registrou crescimento de 12,8% em faturamento¹ no ano de 2020, em relação a 2019, atingindo R$ 789,2 bilhões, somadas exportações e vendas para o mercado interno. Esse resultado representa 10,6% do PIB nacional, segundo pesquisa conjuntural da ABIA (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos). Em 2019, o setor registrou R$ 699,9 bilhões.

Descontada a inflação do período, a indústria de alimentos obteve aumento de 3,3% nas vendas reais ano passado. Na produção física (volume de produção), o setor cresceu 1,8% em relação a 2019. Esse resultado se deveu ao aumento das vendas para o varejo, de 16,2% em 2020, e das vendas para o mercado externo, de 11,4%. Saiba mais em: Releases – ABIA – Associação Brasileira da Indústria de Alimentos

Transporte refrigerado de alimentos: normas e cuidados importantes

O transporte refrigerado de alimentos é fundamental para garantir a conservação dos produtos em deslocamentos, sejam eles extensos ou não. Esse tipo de cuidado evita ao máximo que haja desperdício e/ou perda de qualidade dos mantimentos perecíveis, gerando economia para todos os envolvidos no processo logístico.

Os alimentos perecíveis são aqueles que, segundo a ANVISA, são instáveis à temperatura ambiente. Esse tipo de insumo requer mais cuidados por ser mais sensível e suscetível a contaminar outros mantimentos. Alguns exemplos de produtos perecíveis são: ovos, peixes, carnes, aves, legumes, verduras e frutos do mar em geral.

Da mesma forma, o transporte de bebidas, como vinhos ou cerveja, também possui suas particularidades, principalmente em relação à necessidade de isolamento térmico e baixa movimentação. Transporte refrigerado de alimentos: Normas e cuidados importantes – Mundo Isopor®

6 principais pontos de atenção para fazer o transporte de bebidas

Para refletirmos sobre o transporte de bebidas, podemos começar falando da imensa movimentação desse tipo de produtos no Brasil. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA), o comércio de bebidas teve alta de 1,6% em 2019, mesmo em um ano de desaceleração da economia.

Trata-se, portanto, de um segmento bastante expressivo. E o transporte é um ponto delicado neste universo que, ainda segundo a ABIA, tem participação de 20% no faturamento do imenso mercado alimentício brasileiro.

O transporte de bebidas tem uma série de particularidades, requerendo muitos cuidados para ser realizado – e no mercado atacadista e distribuidor, ele é uma constante para muitas organizações. 6 principais pontos de atenção para fazer o transporte de bebidas – MáximaTech (maximatech.com.br)

Como realizar o transporte de bebidas? Entenda!

O frete de mercadorias é realizado de forma diferente para cada tipo de carga e o transporte de bebidas, em especial, não é simples. Porém é altamente rentável. Como se sabe, a fragilidade e o peso dos produtos demandam diversos cuidados.

Além disso, a proteção e o manuseio correto desse tipo de alimento pode afetar a sua qualidade. Por isso, se não forem bem observadas, as dificuldades nesse processo podem acarretar prejuízos para a empresa. Leia na íntegra: Como realizar o transporte de bebidas de forma correta? Entenda!CT-e – Software para Transportadoras, ERP, TMS, WMS, EDI – Bsoft

Cuidados com o transporte de alimentos refrigerados

O transporte de alimentos refrigerados é um importante aliado para reduzir a perda de produtos e garantir a segurança e integridade dos alimentos. No entanto, para isso, ele não deve abarcar apenas cuidados de logística para levar os produtos de um ponto a outro: é preciso compreender como alimentos específicos precisam ser transportados com base em sua perecibilidade e garantir que os métodos de transporte utilizados para mover os produtos estejam em conformidade com as suas exigências.

O transporte de refrigerados é um elemento central para a cadeia do frio. Ainda que o produto tenha sido corretamente manejado nos depósitos, se ele não for adequadamente transportado, sua integridade e qualidade poderão ser comprometidas. E isso representa grandes perdas para a indústria alimentícia. Saiba mais em: Cuidados com o transporte de alimentos refrigerados (foodconnection.com.br)

Quer receber mais dicas, entre em contato conosco e conheça nossas soluções!

Linkedin

Instagram

Facebook

Youtube

 

 

Leave a Reply

Quer receber mais dicas gratuitamente?

Cadastre-se para receber informações privilegiadas e levar
sua transportadora a comunidade digital

O blog Loggup ajuda centenas de transportadoras de cargas através de dicas práticas em transformação digital.

Copyriht © 2019 Loggup Logistic Group. Todos os direitos reservados.
Feito com pelo time da Loggup