E-commerce: Dicas para sua transportadora atender o varejo eletrônico

sexta-feira, junho 2020

A maneira como fazemos compras se transformou nas últimas duas décadas. Desde que o sistema de compras online surgiu, ele vem sendo otimizado para se adequar à realidade e às necessidades dos consumidores. Assim o cenário digital tem conquistado cada vez mais apreciadores, dos mais variados perfis. Essa tendência tornou o e-commerce um gigante, no mundo e no Brasil, que registrou um crescimento de 12% em vendas online no primeiro semestre de 2019, de acordo pesquisa divulgada pela Ebit/Nilsen em agosto passado.

O estudo, que fez parte da 40ª edição do levantamento Webshoppers, mostrou que no primeiro semestre de 2018, o crescimento também tinha sido de 12%, com faturamento de 53 bilhões de reais. Nos último semestre de 2019, esse crescimento já representava um faturamento de R$ 26,4 bilhões. Um dos pontos mais interessantes nessa pesquisa é que 18,1% do público pesquisado, quase um quinto do total, disse ter feito sua primeira compra online no ano passado. Ou seja, 2018 e 2019 se tornaram anos de consolidação na área, em que o consumidor cativo aumenta a frequência e o valor de suas compras, enquanto um novo público constante é criado.

A logística, entretanto, ainda é um dos principais desafios para um crescimento mais dinâmico do e-commerce na América Latina, tendo como principais problemas os entraves e a lentidão do desembaraço aduaneiro, congestionamentos e infraestrutura abaixo do ideal para entrega no last mile, além da complexidade dos processos de logística reversa para devoluções, um dos maiores obstáculos para o desenvolvimento do segmento, devido aos altos índices de trocas e a falta de lucro e rentabilidade quando isso acontece.

Estudiosos apontam os elementos imprescindíveis para um centro de distribuição regional eficiente: zona de livre comércio, infraestrutura eficiente de portos e aeroportos, regulamentação comercial e aduaneira favorável aos negócios, como os retornos cross-border, além do conhecimento específico de logística de e-commerce e a cooperação entre indústrias, com comerciantes, fornecedores de tecnologia e logística trabalhando como parceiros. Fato é que quem vem investindo em comércio eletrônico tem muitos motivos para comemorar, inclusive quem investe na logística para essa modalidade.

O que esperar do e-commerce em 2020

Especialistas esperam que nesse ano o comércio online global finalmente quebre a barreira dos 50% do total de compras no varejo, ou seja, apostam que a maioria delas será feita online por sites e aplicativos de lojas.

O acompanhamento da modalidade ano após ano indica que a média de crescimento no faturamento acima dos dois dígitos deve se manter para os próximos anos. E que mais de um quarto da população brasileira vai fazer compras online ainda esse ano.

A médio prazo é possível prospectar que as vendas por e-commerce devem dobrar nos próximos cinco anos. As expectativas são as melhores e os números demonstram novas oportunidades e desafios no setor. Ao mesmo tempo em que há espaço para negócios serem criados, se reinventarem e se consolidarem, a concorrência será cada vez maior.

A empresa do setor de distribuição que se adaptar a transformação impetrada pelo comércio eletrônico vai se destacar da concorrência; e a que souber aproveitar esse crescimento antes das demais, pode se tornar referência.

Mas lembre-se que o futuro do e-commerce acompanha a evolução tecnológica e as expectativas dos consumidores com relação aos serviços prestados. Por isso investir na transformação digital do seu negócio é fundamental para continuar competitivo.

Elaboramos a seguir dicas valiosas para colocar a sua empresa no mercado que movimenta cifras impressionantes: o varejo digital. Confira:

Primeira dica – Seja mobile

Coloque suas soluções na mão dos seus clientes. É o poder do smartphone, meio que concentrou 41% das compras online, com perspectiva de aumento contínuo. Em países da Ásia e da Europa esse número passa dos 50%.

Com o aumento das compras online, cresce também a necessidade de fazer a gestão dessa logística, afinal a credibilidade do comércio eletrônico também é resultado de uma entrega de qualidade e com agilidade.

Segunda dica – Adeque sua logística para atender operações omnichannel

Essa é uma prática que vai definir quem fica e quem sai do mercado. O transportador que estiver adaptado a essa realidade, com capacidade de operar em todos os canais, de venda e atendimento, se destacará da concorrência.

Nesse conceito todos os meios devem reconhecer o cliente da mesma forma, independentemente de onde venha o acesso. O omnichannel é a integração de todos os canais que a empresa utiliza, com o objetivo de criar uma experiência única e diferenciada para os clientes, permitindo que eles consigam transitar online e offline, sem que se sintam prejudicados em nenhum momento.

Terceira dica – Busque a melhoria continuadamente dos seus serviços

O aumento do volume das compras online forçou os serviços de entregas a fazer mais e melhor. Essa otimização tornou essas empresas uma opção aos Correios. Mas ainda há muito o que ser feito para atender ao varejo que tem a cada dia mais urgência de entregar o que seu cliente comprou por meio de sites e apps.

Nesse sentido é possível contar com a assessoria de startups especializadas, que ajudam na gestão das operações logísticas e na comunicação eficiente com clientes e com o mercado. É uma forma acessível de garantir a eficiência dos seus serviços.

Quarta dica – Prepare-se para entregar no mesmo dia ou no máximo, no dia seguinte

Esse é um diferencial indiscutível, já que prazos de entrega longos não são mais aceitáveis. Coloque o cliente no centro da sua estratégia, lembrando que ele receber sua compra no mesmo dia, ou no máximo no próximo, impacta diretamente na experiência positiva, do comprador e da loja, que cumpriu com o que prometeu.

Essa é uma modalidade que exige planejamento e investimento com parcerias para funcionar, mas que agrega um valor absurdo à oferta de uma loja virtual. Uma ideia interessante é começar localmente: oferecer a modalidade para regiões próximas do estoque da empresa. Quando a estratégia chamar a atenção e atrair novos clientes, o fluxo extra de dinheiro vai permitir que você expanda a entrega-relâmpago para novos mercados.

Quinta dica – Invista no atendimento por meio de assistentes virtuais

Deixe que a Inteligência Artificial promova o primeiro atendimento por meio de assistentes virtuais. Um robô, simpático e com a cara da sua marca, pode aliviar o atendimento tradicional da sua empresa e direcionar os casos para cada departamento, aumentando a assertividade e diminuindo a perda de tempo, inclusive do potencial cliente que está do outro lado. É uma forma de desburocratizar algumas operações, desde que dúvidas sejam dirimidas rapidamente, a fim de evitar que desistam da aquisição e dirijam-se ao seu concorrente.

Para isso, é possível utilizar desde recursos mais simples, como uma página de FAQ (Frequently Asked Questions), até mais avançados, como o uso de chatbots (programa de computador que tenta simular um ser humano na conversação com as pessoas, respondendo as perguntas de tal forma que se tem a impressão de estar conversando com outra pessoa e não com um programa de computador).

Sexta dica – Ofereça experiência e crie uma identidade única

O cliente não busca apenas uma empresa que seja o elo entre ele e seu consumidor, ele procura uma experiência positiva de entrega. Por isso é determinante que a transportadora esteja atenta as novas tecnologias e na análise constante do comportamento de seus clientes.

Mas não basta oferecer uma experiência fantástica, é preciso criar uma identidade única que o ligue a esse diferencial. E, nesse momento, a transformação digital faz toda a diferença, criando a sua identidade e facilitando a comunicação da sua empresa com o mercado. Com planejamento, investimento em novas tecnologias e visão de mercado, você pode sair na frente dos concorrentes.

Quer receber mais dicas, entre em contato conosco e conheça nossas soluções!

Linkedin

Instagram

Facebook

Youtube

 

 

Quer receber mais dicas gratuitamente?

Cadastre-se para receber informações privilegiadas e levar
sua transportadora a comunidade digital

O blog Loggup ajuda centenas de transportadoras de cargas através de dicas práticas em transformação digital.

Copyriht © 2019 Loggup Logistic Group. Todos os direitos reservados.
Feito com pelo time da Loggup