Skip to main content

Famosa série da Netflix aborda assuntos pertinentes, onde podemos tirar alguns ensinamentos para as transportadoras aperfeiçoarem suas relações e processos

A recente série da Netflix, Bebê Rena, tem se destacado, sendo assunto em diversos ambientes, isso porque retrata uma história que envolve uma relação perturbadora com perseguição e traumas. Desse modo, tem sido debatido, o quanto é interessante o modo que a série levanta algumas questões complicadas e assuntos delicados para nossa sociedade.

Pois bem! Mas como a famosa série Bebê Rena, pode ensinar algo para outros ambientes como o setor logístico? Justamente na relação entre transportadora e cliente, sabemos da importância de ir atrás do público-alvo, porém, já parou para pensar se tem feito isso corretamente? 

Pensando nisso, a Loggup preparou um artigo com alguns ensinamentos que a Série Bebê pode proporcionar nas relações das transportadoras. Confira!

Primeiro ensinamento: Ame seu cliente, sem persegui-lo.

Em setores como logística e transporte de cargas, que tratam-se de atividades com serviços para clientes, têm-se a preocupação quase constante em atingir o público-alvo, geralmente esta é uma das principais metas. Sendo assim, quando esse processo é alcançado, o próximo passo é a busca pela conquista e fidelização desses clientes. Nesse sentido, é de conhecimento de todos que tanto a conquista quanto a fidelização, não são processos fáceis e exigem a adoção de práticas e estratégias adequadas para garantir que eles mantenham contratando seus serviços e, quando precisarem, não busquem a concorrência. 

Posto isso, é importante entender que a transportadora precisa amar seus clientes, mas sem persegui-los. Como a série Bebê Rena destaca a relação perseguidora, não se deve exagerar nas estratégias aplicadas e ficar atrás do cliente como uma obsessão. Lembre-se de que sua empresa não precisa parecer um “stalker” e sim, alguém que se preocupa com os anseios e necessidades dos seus clientes, mas no momento certo.

Segundo ensinamento: Estratégia tem dia e horário certo

Já imaginou seu cliente vendo sua marca estampada em tudo que ele fizesse, do amanhecer ao anoitecer, do trabalho ao ponto de ônibus, seria no mínimo perturbador. Na série, Martha acompanha Donny Dun em todos os lugares, tornando a relação de amizade, definitivamente, sufocante.

Diante desse panorama, quando falamos em estratégias de marketing, por exemplo, costumamos criar um planejamento, definindo principalmente, dias e horários adequados para tais ações, sem que ocorra exageros. 

Todavia, quando falamos em marketing, também entra em questão aquela conhecida frase “quem não é visto, não é lembrado”. Por essa razão, que o planejamento é crucial para que postagens, campanhas sejam feitas para atrair o público e ao mesmo tempo, não sufocá-lo. 

Terceiro ensinamento: Não crie conflitos de necessidade em seus clientes

É importante que o cliente compreenda que sua transportadora é realmente útil para ela, no entanto, não crie conflitos de necessidade em seus clientes. E o que isso significa? na série percebemos que Donny Dun, tem um conflito emocional com Martha e mesmo se sentindo incomodado cria uma relação confusa com a moça inicialmente. 

Desse modo, exatamente isso que sua transportadora não pode deixar que aconteça a seu cliente, que o mesmo venha a se sentir incomodado, mesmo mantendo relações de negócios e sem entender qual a necessidade da contratação desses serviços. Posto que, ao construir relações desta maneira, logo, perderá o cliente, que ao entender melhor a situação fará de tudo para não contar mais com seus serviços.

Quarto ensinamento: Cuidado com “traumas” do passado

De modo geral, os erros e falhas em projetos passados não devem virar traumas e tornar um medo de inovar e seguir em frente na sua transportadora. Assim sendo, o primeiro passo é recuperar a confiança por meio de análises que avaliem o que  deu errado, a fim de buscar soluções hábeis que promovam assertivamente os novos objetivos. 

Vale frisar que, assim como ocorre na série onde os traumas de Donny Dun, o atrapalham, com os negócios de uma transportadora, esse também é um ponto a ser trabalhado. Neste caso, os maiores medos normalmente, referem-se ao enfrentar possíveis erros e falhas, especialmente quando estes causaram prejuízos. 

Por isso, avaliar, pesquisar e estudar por novos projetos, é a melhor forma de recuperar e superar esse medo das falhas passadas. Afinal, em um mercado cada vez mais competitivo, não pode ficar parado, devido medos de situações passadas. 

Quinto ensinamento: Saiba lidar com os problemas do seu cliente

Cada público possui necessidades específicas, seja cliente ou consumidor final. Devido a isso, compreende-se que na série Martha é retratada como uma pessoa que enfrenta problemas de saúde mental e Donny Dun, inicialmente, não soube lidar com isso.

Logo, entender o que cada cliente precisa, por meio de estudo e pesquisas, é trabalhar diretamente em cima das suas dores, buscando oferecer a ele, o que realmente solucione este problema. O serviço personalizado é a melhor maneira de uma transportadora entregar soluções que ajudam os clientes em qualquer situação,  além de fazer com que se sintam únicos e especiais, facilitando até mesmo o processo de fidelização. 

Sexto ensinamento: Analise as experiências que sua transportadora já passou, para entender seu objetivo

Algumas transportadoras precisam passar por algumas experiências para entender seu verdadeiro objetivo. Isso é comum em alguns negócios, em paralelo com a série Bebê Rena, a história em alguns momentos, revela uma pessoa que passou por diferentes experiências na vida e ainda tenta se entender.

Por esse motivo, o sucesso da sua transportadora também passa pelas experiências de negócios vivenciadas por ela, em alguns casos, é necessário se moldar conforme as mudanças de mercado, uma vez que trata-se de um setor volátil e que se modifica constantemente.

Diante disso, vemos diversos pontos abordados pela série que podem ser retratados nos processos das transportadoras e, principalmente, a relação com o público-alvo. Desse modo, esta análise possivelmente ajuda a aperfeiçoar suas operações. 

Quer receber mais dicas, entre em contato conosco e conheça nossas soluções!

Linkedin

Instagram

Facebook

Youtube

Leave a Reply